domingo, 20 de fevereiro de 2011

Os cereais do pequeno almoço têm ferro

O ferro é importante em diversos processos metabólicos, por exemplo, na formação da hemoglobina, que assegura o transporte de oxigênio para as células e dá a cor vermelha ao sangue.
O ferro, que ingerimos na nossa alimentação, não é absorvido pelo organismo na forma metálica. Este, reage com o ácido clorídrico existente no estomâgo, transformando-se assim numa forma diferente cuja absorção é possível.

Como poderemos verificar se os cereais do pequeno-almoço têm ferro?

Na aula de Ciências Físico-Químicas, os alunos do 7º4ª experimentaram a separação magnética.
Método de separação:
1.Colocámos num gobelé um pouco de cereais.
2.Adicionámos a água e mexemos até que os cereais ficassem empapados.
3.Colocámos no gobelé um agitador magnético revestido com película de plástico e colocámos o gobelé na placa magnética durante cerca de 20 minutos.
4.Desligou-se a placa, retirou-se o agitador e observou-se a presença de ferro atraído pelo agitador magnético.
Pergunta: Por que foi possível a obtenção de ferro a partir de cereais do café da manhã?
Pesquisa sobre outros processos de separação usados na vida diária em que se utiliza a separação magnética.
Envia a resposta por mail à tua professora.

Adaptado de :
Paixão, F. (2004). Mezclas en la vida cotidiana. Una proppuesta de enseñanza basada en la vida cotidiana en una orientación Ciencia Tecnologia Y Sociedade Y en la resolución de situaciones problemáticas. Revista Eureka sobre Enseñanza y Divulgación de las Ciencias Vol. 1, Nº 3, pp. 205-212.